Pegando os assinantes de “surpresa” a Netflix disponibilizou hoje (15) em seu catálogo Cavaleiros do Zodíaco – Saga de Hades composta por 31 episódios que englobam os arcos do Santuário, Inferno e Elíseos. O anime já esteve algum tempo atrás dentro da plataforma, mas havia sido retirado após o vencimento do contrato.

Esse retorno pode indicar que a Netflix tenha concretizado um novo acordo com a Toei Animation e quem sabe poderá  disponibilizar em breve a tão aguardada saga clássica de Cavaleiros do Zodíaco, que antes estava prevista para chegar ao catálogo, mas isso acabou não acontecendo. Caso se concretize mais adiante, é esperado que os demais animes da franquia também venham a chegar ao serviço.

A Saga de Hades conta com dublagem em português e seus capítulos foram disponibilizados em qualidade um pouco melhor do que a da versão em DVD, mas aparentemente não estão em HD. Lembrando que a Netflix conta ainda com Lost Canvas e o remake original produzido em 3DCG.

Ainda Anime Expo, não apenas foi exibido os primeiros minutos da 4ª temporada de Boku no Hero Academia para os presentes no evento, como também foi divulgado uma nova imagem promocional com os personagens. Confira:

A nova temporada de Boku no Hero Academia estreia na TV japonesa no dia 12 de outubro. Vale lembrar que o segundo filme baseado no mangá de Kohei Horikoshi também estreia ainda este ano nos cinemas.

Durante o evento Hero Fes. foram revelados os primeiros detalhes do novo filme de Midoriya e sua turma, que recebeu o nome de Boku no Hero Academia: The Movie – HEROES:RISING. Juntamente foi revelado o primeiro poster do longa com o seguinte slogan “Você é o próximo“. Confira:

O autor do mangá, Kohei Horikoshi, anunciou que o segundo filme deverá ser o último da série. Ele mencionou que provavelmente não teremos um terceiro longa e que esse pode ser considerado como um final para a franquia, pois traz conceitos que ele já havia planejado utilizar em uma batalha final no termino da obra.

Assim como no primeiro filme, Horikoshi retorna como supervisor criativo e atuando como responsável pelo visual dos personagens. Boku no Hero Academia: Heroes Rising estreia nos cinemas japoneses em dezembro de 2020, enquanto seu primeiro longa está programado para fazer sua estreia no brasil no dia 8 de agosto.

A Bandai Namco revelou durante a Anime Expo a produção de One Piece: Pirate Warriors 4, que vem a ser o mais novo jogo da série em estilo “musou” produzido em parceria com a Koei Tecmo e Omega Force (Dynasty Warriors). Confira abaixo o primeiro trailer:

O novo título vai apresentar histórias e personagens que podem ser vistos atualmente no anime, e também a Whole Cake Island. Maiores informações ainda não foram reveladas. Além do vídeo, algumas imagens do jogo foram apresentadas durante o evento:

One Piece: Pirate Warriors 4 será lançado para PlayStation 4, Xbox One, Switch e PC em 2020.

Durante seu painel na Anime Expo 2019, a Bandai Namco Entertainment America divulgou um novo trailer do jogo One-Punch Man: Hero Nobody Knows onde apresenta alguns dos personagens que serão jogáveis, entre eles, Vaccine ManDeep Sea King, Mosquito Girle Carnage Kabuto. Confira:

O título permitirá aos jogadores controlar personagens como Saitama, Genos, Blizzard Infernal, Speed-o’-Sonic, Mumen Rider entre outros outros.

Ainda em etapa de produção, One Punch Man Hero Nobody Knows será lançado para PS4, Xbox One e PC.

Durante a Anime Expo 2019, a The Pokemon Company realizou uma exibição especial para o filme de Pokémon: Mewtwo Strikes Back Evolution, juntamente com um breve teaser para um novo longa  Pokémon que será lançado em 2020.

Embora nenhuma filmagem ou vídeo esteja disponível no momento na internet, os fãs que compareceram ao evento compartilharam e descrevem  que o teaser mostra Pikachu escorregando de uma videira, no que parece ser ambientado em uma floresta. O vídeo finaliza mostrando a previsão de lançamento (2020).

Além disso, a animação será no estilo usual, ou seja,o famoso 2D, e não em CGI, muito semelhante a que é utilizada em Pokemon Sun & Moon, segundo detalhes revelados pelas pessoas que assistiram a exibição.

Mais informações devem surgir nas próximas semanas, e principalmente, quando o novo filme de Pokémon estrear dia 12 de julho nos cinemas japoneses.

Depois do tema musical, que não agradou parte do público, a The Pokémon Company divulgou agora quatro novos vídeos de Pokémon: Mewtwo Strikes Back Evolution, remake em CGI do primeiro longa da franquia, recheado de cenas inéditas. Assista:

Pokémon: Mewtwo Strikes Back Evolution estreia dia 12 de julho no Japão.

Próximo as férias escolares, o Cartoon Network traz para seus assinantes a estreia da 22ª temporada de Pokémon, intitulada Pokémon, A Série: Sol e Lua – Ultralendas, que segue Ash, Pikachu e seus amigos em Alola.

Pokémon, A Série: Sol e Lua – Ultralendas estreia em 3 de junho, sempre de segunda a sexta-feira, às 16h.

Foi lançado no dia 13 pela editora Shueisha o primeiro capítulo do mais novo mangá de Masashi Kishimoto (Naruto), batizado de Samurai 8: Hachimaruden, e o autor deu uma nova entrevista durante uma coletiva de imprensa para falar a respeito da sua nova obra. Ele começa lembrando sobre o lançamento de Naruto, que aconteceu em 1999 e terminou em 2014, explicando que após finalizar em 2015 o mangá Naruto: The Seventh Hokage and the Scarlet Spring, sentiu uma sensação de liberdade e de dever cumprido.

O autor disse em tom de brincadeira ter ficado extremamente cansado que acabou ficando sem forças para desenhar mangá, mas apesar de ter se dedicado a um trabalho que lhe deu tempo para transformar uma criança num adulto, levou dois anos para voltar atrás e desejar desenhar novamente. Kishimoto menciona que entregou tudo que podia para Naruto, mas sabia que ainda não era algo beirando a perfeição, o que o fez refletir. Assim que finalizou o ninja loiro, percebeu que a chama de voltar a desenhar voltou a ficar mais forte, mas planejou usar esse ânimo para um novo projeto.

Em relação a história de Samurai 8: Hachimaruden, que mistura um conto samurai com ficção científica, o mangaká disse que ama estes dois elementos, e sentiu que queria desenhar sobre isso, mas explicou que por conta da idade, fica complicado se jogar de cabeça numa obra assim, então resolveu misturas as duas fórmulas e criar a nova série. Ele comentou que seu primeiro trabalho enviado para a editora Shueisha foi um mangá sobre samurais, mas na época não ganhou nada, e brincou que Samurai 8 é uma espécie de “vingança” por conta deste fato.

Masashi destacou que o novo mangá não deve ter uma linguagem fácil de entender como era com Naruto, já que possui diversas palavras e frases bem diferentes, mas comenta que fez de tudo para que a série possa ser compreendida pelo público. Ele ainda chamou a atenção para novos autores que estão começando ao dizer para evitarem ficção científica, mas acreditou que seria muito mais fácil em seu caso por ter tido um trabalho como Naruto.

Sobre o co-autor de Samurai 8, Akira Okubo, seu ex-assistente, ter ficado responsável pela arte, Kishimoto disse que por ser um mangá semanal, ele não teria como desenhar tudo, por isso precisou de ajuda. Também relembrou que na época que Naruto estava em publicação, Okubo lhe ajudou a fazer os esboços de cada um dos capítulos. O autor ainda teceu elogios ao artista ao revelar que seus desenhos são muito mais bonitos, e que Okubo consegue fazer algo muito melhor do que ele neste aspecto.

Questionado sobre Samurai 8: Hachimaruden ser melhor que Naruto, Kishimoto declarou que pensou muito no assunto quando estava envolvido no mundo do ninja, mas que agora tem um melhor entendimento de tudo e que iria passar isso para a nova obra, que segundo ele, um dos temas será algo como “tudo bem em não ser perfeito”, e comenta que parece algo contraditório ao dizer que quer fazer o mangá perfeito, apesar de ter o tema e ele não ser totalmente perfeito. Para ele, foram as imperfeições de Naruto que o deram mais motivação para começar um novo trabalho, e disse que quando este for finalizado, o que não ficou bom o ajudará a fazer melhor no próximo.

Kishimoto volta a destacar que Samurai 8: Hachimaruden terá, por enquanto, somente 10 volumes, e mais que isso, como aconteceu com Naruto, fará com que ele fique ainda maior.

JBC anunciou novidades essa semana sobre títulos populares, que incluem uma versão digital de Hunter x Hunter, previsão de lançamento de Fruits Basket e um reajuste de preço de Akira. Além disso, foi revelado que o mangá Cardcaptor Sakura: Clear Card será lançado mo Brasil. Confira:

Um registro no ISBN revelou que a editora irá publicar a continuação de uma das obras de maior sucesso do grupo CLAMP no Brasil. Até o momento, estão confirmados os registros de dois volumes do mangá de Clear Card, o que indica que como de costume, serão lançados os dois primeiros volumes simultaneamente.

A JBC também anunciou hoje (10) que o mangá Hunter x Hunter também será passará a ser oferecido em formato digital. A criação de Yoshihiro Togashi é editada em cópias físicas no Brasil desde 2008. Também foi revelada a previsão de lançamento do mangá Fruits Basket no Brasil. A publicação acontecerá em junho ou julho deste ano. A edição brasileira do mangá de  Natsuki Takaya será similar a versão deluxe japonesa publicada entre setembro de 2015 e julho de 2016, numa reedição que reduz os volumes da obra de 23 para 12.

A editora também divulgou novidades sobre Akira. A edição brasileira irá sofrer um reajuste de preço, passando a custar mais caro, o valor de R$ 69,90 vai para R$ 76,90. A JBC informou que tentou segurar o reajuste diante da produção cara e detalhada que o mangá exige e da variação do preço do papel diante da crise econômica no Brasil. Além disso, também foi anunciada uma boa notícia para os fãs da obra de Katsuhiro Otomo, as edições brasileiras dos três últimos volumes do mangá serão aprovadas juntas e o lançamento tem previsão de ocorrer ainda esse ano.