Um dos heróis mais famosos da Marvel, o Homem-Aranha, ganhará em breve uma aventura em estilo mangá. A informação foi revelada pelo autor Yusuke Osawa (Green Worldz), que revelou estar trabalhando em uma obra para o personagem.

“Finalmente foi anunciado. Eu vou fazer uma série especial do Homem-Aranha para a Marvel Manga Award.” disse.

Ainda sem maiores informações, especula-se que o título seja algo como Homem-Aranha: Eu não um Herói. O mangá especial será impresso pela Kodansha e será a segunda série da Marvel Manga Awards no Japão.

Boa notícia para quem ainda não conseguiu acompanhar Edens Zero, o mais recente trabalho do autor Hiro Mashima (Fairy Tail). A editora JBC anunciou que vai publicar a série em formato físico no Brasil, tal como já acontece no Japão desde setembro. A ideia da editora é lançar as edições físicas juntamente com o país de origem, trazendo inclusive, os buttons especiais ao país.

Edens Zero começou a ser lançado em formato digital em diversos países de forma simultânea desde o dia 27 de junho, inclusive por aqui em formato e-book (Kindle), ao preço de R$5,90 por capítulo.

O primeiro volume Edens Zero deve ser lançado ainda este ano pela JBC. Mais informações em breve.

A nova edição da revista Weekly Shonen Champion revelou que sua próxima edição, a ser lançada dia 20 de setembro, vai trazer um anúncio importante para o mangá Baki.

Baki the Grappler, de Keisuke Itagaki ganhou uma adaptação animada pelo TMS Entertainment em julho desse ano. É possível que a novidade tenha relação com o novo anime.

O mangá original, Grappler Baki, com 42 volumes foi publicado entre 1991 e 1999, seguido por Baki!! que foi até 2005 e Baki Hanma que foi encerrado em 2012, e a partir desse ano foi lançado o mangá Baki-Dou, que possui 22 volumes.

Baki – O Campeão estreia ainda este ano na Netflix.

O site oficial da revista Shonen Magazine revelou que o mangá Edens Zero, de Hiro Mashima (Fairy Tail), vai ganhar uma série especial de buttons representando os países onde é publicado simultaneamente com o Japão, são eles: França, Coreia do Sul, Estados Unidos, Brasil e Tailândia. Confira:

A linha apresenta versões com Shiki, Rebecca e Happy, e ao fundo a bandeira de cada país com uma frase característica daquela nacionalidade. O Brasil, onde o mangá é publicado pela JBC, ganhou seu button com a frase “Tamo Junto“.

Os buttons serão distribuídos no Japão pela editora Kodansha junto com o lançamento do primeiro volume de Edens Zero. Não foi divulgada previsão de lançamento nos demais países.

Os fãs de Hunter x Hunter nem se abalam mais com os hiatos sem fim que o mangá vem tendo ao longo dos anos, mas é impossível não deixar de perceber que todos comemoram quando surge algum anúncio de que a obra vai voltar da pausa, mesmo sabendo que será curta.

A Oricon revelou que a criação de Yoshihiro Togashi retornará as páginas da revista Shonen Jump a partir do dia 22 de setembro. Em janeiro deste ano, Hunter x Hunter havia voltado de um de seus muitos hiatos, mas foi novamente paralisado dois meses depois, sendo retomado este mês.

Os problemas de saúde de Togashi, que faz com que a publicação se torne irregular, levaram o autor até mesmo questionar se poderia vir a morrer antes de finalizar história de Hunter x Hunter.

O mangá é publicado no Brasil pela editora JBC.

Apesar dos fãs de Bleach ainda estarem inconformados com o final do mangá e anime, o autor Tite Kubo tem uma opinião bem diferente sobre o assunto. Numa recente entrevista, ele comentou sobre os problemas de saúde desenvolvidos ao longo dos anos por conta de seu envolvimento com a obra.

Kubo mencionou que poderia finalmente fazer uma pequena pausa, mas percebeu que havia algo e foi ao hospital. Ele disse que ao fazer alguns exames descobriu que o tendão de seu ombro havia rompido, e apesar do resultado, ainda não se sentia muito bem. O mangaká revelou que sentiu isso sem descobrir o motivo durante um ano, e que em dado momento percebeu que estava muito solitário. A pressão e os dias estressantes por trabalhar em um mangá semanal acabou causando tudo isso.

O autor disse ainda que durante a serialização de Bleach estava sempre pensando em diversos personagens e que isso fazia com tivesse várias pessoas dentro de sua mente, mas quando o finalizou, essas perturbações sairam de sua cabeça e ele não sabia o que faria com seu tempo dali por diante. Tite destaca que sua saúde não estava em más condições, mas sentia-se sozinho, dando a entender que isso o deprimiu. Ele finalizou dizendo passado tudo isso se deu conta, após muito tempo, que tinha vontade de voltar a trabalhar num mangá de novo.

Publicado desde o dia 25 de julho no Japão, Fairy Tail: 100 Years Quest, continuação do mangá de Hiro Mashima, deixará de ser semanal para se tornar quinzenal. A mudança dá a entender que a obra parece não estar indo muito bem, mas isso foi esclarecido por Atsuo Ueda (Dr. Prisoner, Retriever Hachi), artista responsável pela sequência.

Ele comentou em seu Twitter que desde o inicio, Fairy Tail: 100 Years Quest foi planejado para ser publicado de forma quinzenal, e que somente os 6 primeiros capítulos foram semanais. O autor ainda pediu para os fãs continuar dando seu apoio ao mangá.

Fairy Tail: 100 Years Quest é uma criação original de Mashima, que envia parte do trabalho ainda não finalizado para Ueda, que cuida da arte.

Em entrevista para um livro da Shonen Jump no Japão, o autor do mangá Hunter x Hunter, Yoshihiro Togashi, comentou sobre o fim da série e afirmou que não sabe o que vai terminar primeiro, o mangá ou sua vida.

Sobre os constantes hiatos, ele diz que pensa sim sobre o final da obra e que tem consciência das diversas vezes que a história ficou de fora das páginas da Shonen Jump, comparando a situação com a de um comediante que não está sempre em aparições na TV, mas que está trabalhando em algum lugar. Togashi também destacou que está trabalhando muito na história.

Ele já havia dito sobre isso em outra ocasião, numa entrevista para a comemoração do 50º aniversário da Shonen Jump, onde declarou que como escritor tem muitas outras coisas que deseja escrever e tudo que pode esperar são pessoas dispostas a aproveitar essa jornada com ele.

Lançado em 1998, Hunter x Hunter conta 35 volumes publicados no Japão, adaptações para o anime, OVAs e filmes. No Brasil, o mangá é publicado pela JBC. Já o anime de 2011 está disponível incompleto pela Netflix, bem como um dos filmes.

A segunda temporada da adaptação animada do mangá Tokyo Ghoul:re, de Sui Ishida, acaba de ter um pequeno vídeo divulgado em seu site oficial, que destaca que o anime vai concluir a história em torno de Ken Kaneki, e será o último capítulo. Assista:

Tokyo Ghoul:re estreia em outubro na TV japonesa. O mangá é publicado no Brasil pela editora Panini.

O site oficial da adaptação animada de Fairy Tail, de Hiro Mashima, divulgou uma nova imagem da ultima temporada da série onde podemos ver Natsu e Zeref lado a lado. Confira:

Produção dos estúdios A-1 Pictures e Bridge, a última temporada de Fairy Tail estreia na TV japonesa em outubro.

O mangá é publicado no Brasil pela JBC.