Os Saiyajins são raças que existem nos Universos 6 e 7 de Dragon Ball Super. Eles são guerreiros natos, e possuem o poder de ficar mais fortes a cada luta que sobrevivem. Até agora, os Saiyajins foram o centro da história de Dragon Ball Z e Dragon Ball Super.

Antes do Super, só conhecíamos os Saiyajins do Universo 7, porque não sabíamos da existência de outro Universo similar a este. Entretanto, após o conceito de um Universo gêmeo ter sido introduzido, e descobrirmos que o Universo 7 possuía um gêmeo, todos queriam ver os Saiyajins do Universo 6. Finalmente vimos estes Saiyajins, e eles não decepcionaram, apesar de terem sido eliminados.

Porém, sabemos que eles irão retornar após o final do Torneio do Poder. O Universo 6 é muito importante para a história, mesmo que o fim de Dragon Ball Super esteja próximo. Mas o Universo 6 não é o foco deste post. Segundo uma nova teoria, outro Universo também possui a raça Saiyajin.

Sabemos que originalmente haviam 18 Universos, e que Zeno decidiu apagar 6 deles quando estava de mau humor. Isto nos deixou com 12 Universos, e cada um deles formou um par. Se você parar para pensar, os pares já existiam desde antes dos Universos serem destruídos. Não é conveniente demais de que todos os pares tenham sobrevivido?

Por isso, de acordo com esta teoria, os Universos existiam originalmente em trios. Os Universos poderiam ter existido originalmente como 1-12-18, 2-11-17, 3-9-6, 4-10-15, 5-8-14, 6-7-13. Então, junto com os Universos 6 e 7, o Universo 13 também deveria ter Saiyajins. Isto quer dizer que o Universo 13 também possa ser importante para o futuro do anime.

Se, por exemplo, Goku vencer e pedir para Zeno reviver todos os Universos, então o Universo 13 também seria revivido. Esta é uma ideia interessante, e poderia preparar as coisas para um ótimo final, ou talvez uma dica sobre um novo anime no futuro.

11 respostas
  1. joao
    joao says:

    tomara que isso aconteça mais goku tem que ganhar o torneio do poder mais jiren e muito forte não sei como o goku possa ganhar?

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *