Quando falamos de anime nunca é cedo demais para imaginar como será o final de uma obra. Ao passar dos anos, os fãs tentaram acertar o final de diversas obras, e os fãs de One Piece continuam até hoje teorizando sobre o que o tesouro deixado por Roger pode ser. Mas agora chegou a vez dos fãs de Boruto compartilharem como acham que o anime pode acabar.

O mangá de Boruto está bem na frente do anime, como de costume. O capítulo mais recente do mangá foi lançado em Dezembro, e é focado em ciência. Então era de se esperar que o capítulo 19 tenha deixado os leitores pensando sobre o grande foco em Armas Ninjas Científicas presente em Boruto.

De acordo com uma teoria, as pesquisas de Konoha em Armas Ninja de última geração podem ter terríveis consequências no futuro. Desde o lançamento do filme de Boruto, o estudo científico foi um dos grandes focos da obra. Konoha monopolizou o estudo de armas de última geração desde o fim da última Grande Guerra Ninja, mas há um novo grupo que quer estas informações.


Assim como a Akatsuki queria as Bijuus, o grupo Kara quer conhecimento. A organização está interessada em armas ninja, e o último capítulo de Boruto provou isso. Kara foi o grupo por trás de um misterioso dirigível, um recipiente perdido, e um ninja patife com uma prótese. A equipe de Boruto foi forçada a lutar uma horda de ninjas robôs de última geração enquanto se aproximavam do dirigível, e o grupo Kara passou por muita coisa para conseguir toda sua pesquisa. Eles conseguiram extrair informações do jounin Katasuke com um genjutsu prolongado, e Boruto: Naruto the Movie nos provou como tecnologias roubadas podem ser perigosas.

Se o grupo Kara melhorar ainda mais sua tecnologia, então a organização pode se tornar tão forte quanto Naruto sem fazer um quarto do treinamento. Quando todos possuem poderes imensos desta forma, a paz passa a se tornar um sonho ao invés de uma realidade, e a responsabilidade de trazer o equilíbrio de volta ao mundo será de Boruto.

4 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *