Logo após a estreia no Japão, a Toei Animation pretende acelerar o lançamento de Dragon Ball Super: Broly em todo o mundo, mas não visando o divertimento dos fãs, e sim para evitar a pirataria desenfreada que espera o longa.

Numa entrevista publicada pelo site oficial do filme, o produtor Norihiro Hayashida disse que a equipe de produção tem pensando muito no mercado externo quando se trata da estreia e que está fazendo de tudo para que isso aconteça o mais depressa possível. O objetivo é reduzir de forma drástica o pirateamento, especialmente em países onde isso já se tornou algo fora de controle.

Hayashida comentou que isso não vai atrapalhar a localização de Dragon Ball Super: Broly e menciona que o corte bruto do longa-metragem vai facilitar com que o processo de dublagem e legendas seja feito de forma mais rápido, e que a equipe tem tentado ganhar tempo para conseguir fazer as correções necessárias entre os cortes brutos e final.

Dragon Ball Super: Broly será lançado no Japão no dia 14 de dezembro e em janeiro nos cinemas dos Estados Unidos pela distribuidora FUNimation. Aqui no Brasil, a estimativa é que a estreia aconteça no dia 17 de janeiro pela Fox Film, que ainda não confirmou oficialmente tal data.

5 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *