Aqui está o primeiro trailer de One Piece Episode of Skypiea, o especial de One Piece que vai ser exibido a 25 de agosto de 2018.

One Piece Episode of Skypiea vai cobrir o arco Skypeia e contar com a presença de uma personagem original que não apareceu na série anime. Este especial é dirigido por Konnosuke Uda.

Link do video: https://www.dailymotion.com/video/x6juuyv

Já vem sendo tradição todos os anos One Piece receber episódios especiais, entre os quais encontramos One Piece Episode of Luffy: Hand Island no Bōken (2012), One Piece Episode of Nami: Kōkaishi no Namida to Nakama no Kizuna (2012), One Piece Episode of Merry: Mō Hitori no Nakama no Monogatari (2013), One Piece Episode of Sabo (2015), One Piece: Heart of Gold(2016) e One Piece Episode of East Blue (2017).

Para além da imagem promocional que podem ver em cima o site oficial da adaptação para série anime da light novel Ore ga Suki nano wa Imōto dakedo Imōto ja nai (The One I Love is My Little Sister But She’s Not a Little Sister) de Seiji Ebisu, revelou o staff.

Com estreia agendada para outubro de 2018 ficamos assim a saber que a animação foi entregue aos estúdios NAZ (Hamatora, Hajimete no Gal) e Magia Doraglier (recém criado), já a direção é de Hiroyuki Furukawa (My First Girlfriend is a Gal, My Wife is the Student Council President).

Seiji Ebis começou a lançar a novel em 2016 com ilustrações de Gintarō e a história desenrola-se à volta da irmã mais nova, Suzuka Nagami, e do irmão mais velho Yū Nagami. Suzuka é uma bela estudante do terceiro ano do ensino médio que tem excelentes notas e é a presidente do conselho estudantil. Ela escreveu um romance sobre uma pequena irmã e do seu relacionamento com o seu irmão mais velho, e a obra ganhou um prémio. Depois de discutirem o assunto, Yū é aquele que se estreia como um autor de novels em vez de Suzuka, sob o nome de Chikai Towano.

Noticiámos recentemente que “One Piece Episode of Skypiea”, o novo especial de One Piece vai ser exibido a 25 de agosto de 2018 e foi hoje confirmado que para além claro de cobrir o arco Skypeia o especial vai contar com a presença de uma personagem original que não apareceu na série anime. Este especial é dirigido por Konnosuke Uda.

Já vem sendo tradição todos os anos One Piece receber episódios especiais, entre os quais encontramos One Piece Episode of Luffy: Hand Island no Bōken (2012), One Piece Episode of Nami: Kōkaishi no Namida to Nakama no Kizuna (2012), One Piece Episode of Merry: Mō Hitori no Nakama no Monogatari (2013), One Piece Episode of Sabo (2015), One Piece: Heart of Gold(2016) e One Piece Episode of East Blue (2017).

O 4º volume do mangá Meshinuma de Amidamuku revelou hoje que está em produção uma adaptação para série anime que vai ser exibida na app Anime Beans no final de maio.

Esta nova app vai também ser lançada no final de maio substituindo assim a app Tate Anime (Vertical Anime) da Production I.G.

O mangá de comida desenrola-se à volta de Iinuma, um típico assalariado japonês que só mostra expressões de êxtase quando está a comer. A obra estreou no site pixic Comic em 2016, e também foi publicada na revista Monthly Comic Zenon da Tokuma Shoten. Além do mangá que anteriormente era serializado na revista, o quarto volume também inclui histórias doujinshi.

O novo aplicativo Anime Beans oferecerá séries anime populares, bem como anime vertical, que o aplicativo Tate Anime oferece exclusivamente. A Tate Anime terminará o serviço a 31 de maio.

O site oficial da adaptação para série anime de Isekai Maou to Shoukan Shoujo no Dorei Majutsu (How NOT to Summon a Demon Lord), a novel de Yukiya Murasaki, revelou hoje o design de personagens, confirmando igualmente que o tema de abertura será “DeCIDE” interpretado pelas seiyuu Waki, Serizawa, Hara, Okubo e Katō.

Com estreia agendada para julho de 2018 a animação foi entregue ao estúdio Ajia-do, a direção é de Yūta Murano (Brave Beats, Dream Festival!), o guião é de Kazuyuki Fudeyasu e o design de personagens é de Shizue Kaneko.

Yumi Hara como Alicia Crystella
Yumi Hara como Alicia Crystella
Rumi Okubo como Sylvie
Rumi Okubo como Sylvie
Emiri Katō como Edelgard
Emiri Katō como Edelgard
Masaaki Mizunaka como Diablo
Masaaki Mizunaka como Diablo
Yū Serizawa como Shera L. Greenwood
Yū Serizawa como Shera L. Greenwood
Azumi Waki como Rem Galleu
Azumi Waki como Rem Galleu

A Kodansha publicou o primeiro volume em dezembro de 2014 e o 9º volume foi publicado a 30 de janeiro.

A história desenrola-se à volta de Takuma Sakamoto, um jovem que mostrou ser suficientemente poderoso para ser apelidado de “Maou” (Rei Demónio) no MMORPG “Cross Reverie”. Um dia, ele é convocado para um outro mundo com a sua aparência no jogo. Existem duas meninas, ambas insistindo: “Eu sou a verdadeira mestre da convocação”. Takuma recebe delas a magia da escravidão para criaturas convocadas, no entanto, ele usa a sua habilidade peculiar “Reflexão Mágica”, e as meninas transformam-se em suas escravas.

Foi hoje revelada uma nova imagem promocional da adaptação para série anime da novel The Master of Ragnarok & Blesser of Einherjar (Hyakuren no Haō to Seiyaku no Valkyria) de Seiichi Takayama (autor) e Yukisan (ilustração).

Com estreia agendada para julho de 2018, a animação é do estúdio EMT Squared (Urahara, Rainy Cocoa), a direção é de Kōsuke Kobayashi (Idol Time PriPara, Alice or Alice), o guião é de Natsuko Takahashi (ATASHIn’CHI, Romeo × Juliet, Love Tyrant) e o design de personagens é de Mariko Ito (Log Horizon, ViVid Strike!, Love Tyrant).

Hyakuren no Haou to Seiyaku no Valkyria começou a ser lançado e, agosto de 2013 e o 14º volume foi publicado a 1 de novembro de 2017. Atualmente está a ser lançada no Japão uma adaptação para mangá.

Algumas lendas urbanas são melhor deixadas testar! Yuuto Suoh obtém mais do que ele esperava quando ele se junta ao seu amigo de infância Mitsuki Shimoya para testar uma lenda urbana. Quando ele usa o seu smartphone para tirar uma foto de si mesmo com o espelho divino do santuário local, ele é levado para outro mundo – um fortemente mergulhado na tradição dos antigos nórdicos. Com o conhecimento obtido na escola e do seu smartphone movido a energia solar, ele tem a oportunidade de fazer com que o clã Lobo, as mesmas pessoas que cuidaram dele, se torne importante, enquanto ganha a adoração de um grupo de donzelas guerreiras mágicas conhecidas como Einherjar.

O site oficial da série anime original Lost Song (A Canção Perdida) colocou online esta bela imagem promocional.

A Netflix Japão começou a transmitir o projeto a 31 de março e novos episódios são exibidos semanalmente aos sábados. A série também começou a ser exibida na televisão no Japão a 7 de abril.

Recentemente noticiámos que a Lost Song vai estrear no ocidente na Netflix a 30 de Setembro de 2018 sob o nome “A Canção Perdida”.

Lost Song resulta de uma parceria entre a Liden Films e a Dwango, e vai contar com 12 episódios.

A direção de Lost Song é de Junpei e Morita, o design de personagens é de Tomonori Fukuda (Robotics;Notes), Aki Hata (Ange Vierge, The Melancholy of Haruhi Suzumiya) é responsável pela letra das canções e Yūsuke Shirato (The Pet Girl of Sakurasou, Ange Vierge) vai tratar da composição da música.

Segundo a Netflix:

Rin (Konomi Suzuki), uma menina enérgica que gosta de comer, vive numa aldeia fronteiriça verdejante. No interior do palácio real na movimentada capital, a cantora Finis (Yukari Tamura) passa os dias na solidão. Ambas compartilham um poder especial que nenhuma outra pessoa tem. Um poder milagroso que pode curar feridas, criar água e agitar o vento – o poder da música. Guiadas pelo destino, as duas jovens mulheres enfrentam uma árdua jornada com o poder da música. A sombra da guerra aproxima-se do reino, contaminando até as canções milagrosas com o sangue de inocentes. Os amados encontram as suas mortes enquanto gritos silenciosos ecoam através de uma prisão de pedra. À medida que dois destinos se cruzam, a canção final será de desespero, esperança ou …?

Ficamos hoje a saber que o 3º filme da trilogia de filmes anime de Godzilla pela Polygon Pictures se vai chamar Godzilla: Hoshi wo Kuu Mon e estrear nos cinemas em novembro de 2018.

Tal como o primeiro filme é esperado que mais tarde o filme seja disponibilizado na Netflix.

Para além de animação pela Polygon Pictures (Knights of Sidonia), a direção é de Kobun Shizuno (Detective Conan, Knights of Sidonia) e Hiroyuki Seshita (Blame!, Ajin) e a história foi escrita por Gen Urobuchi que já nos apresentou com obras como Madoka Magica, Fate/Zero e Psycho-Pass.

Godzilla inspirou duas séries animadas no ocidente, uma pela Hanna-Barbera em 1978 e uma que serviu de sequela ao filme de 1998.

Foi hoje confirmado que um especial de One Piece vai ser exibido a 25 de agosto de 2018.

Podem ver em cima uma imagem promocional deste especial que se chama “One Piece Episode of Skypiea” e é dirigido por Konnosuke Uda.

Já vem sendo tradição todos os anos One Piece receber episódios especiais, entre os quais encontramos One Piece Episode of Luffy: Hand Island no Bōken (2012), One Piece Episode of Nami: Kōkaishi no Namida to Nakama no Kizuna (2012), One Piece Episode of Merry: Mō Hitori no Nakama no Monogatari (2013), One Piece Episode of Sabo (2015), One Piece: Heart of Gold(2016) e One Piece Episode of East Blue (2017).

A Monthly Comic Ryū revelou que está em produção uma adaptação para anime do mangá Oshi ga Budoukan Ittekuretara Shinu (If the Fan Goes to Budōkan, She’ll Die) de Auri Hirao.

A história do mangá desenrola-se à volta de uma mulher chamada “Eripiyo”, que é uma fã absoluta de ídols. Ela está descontroladamente entusiasmada com Maina, uma tímida idol do grupo secreto Cham Jam que se apresenta na província de Okayama. Ela fica tão envolvida no seu amor por Maina durante uma performance em particular, que ela tem uma grande hemorragia nasal. Eri continuará a dar total devoção a Maina até o dia em que ela se possa apresentar no Budōkan (um importante local de apresentações em Tóquio).

Hirao lançou o mangá na revista em 2015, e a Tokuma Shoten lançou o quarto volume a 11 de maio.