Publicado desde o dia 25 de julho no Japão, Fairy Tail: 100 Years Quest, continuação do mangá de Hiro Mashima, deixará de ser semanal para se tornar quinzenal. A mudança dá a entender que a obra parece não estar indo muito bem, mas isso foi esclarecido por Atsuo Ueda (Dr. Prisoner, Retriever Hachi), artista responsável pela sequência.

Ele comentou em seu Twitter que desde o inicio, Fairy Tail: 100 Years Quest foi planejado para ser publicado de forma quinzenal, e que somente os 6 primeiros capítulos foram semanais. O autor ainda pediu para os fãs continuar dando seu apoio ao mangá.

Fairy Tail: 100 Years Quest é uma criação original de Mashima, que envia parte do trabalho ainda não finalizado para Ueda, que cuida da arte.

Em entrevista para um livro da Shonen Jump no Japão, o autor do mangá Hunter x Hunter, Yoshihiro Togashi, comentou sobre o fim da série e afirmou que não sabe o que vai terminar primeiro, o mangá ou sua vida.

Sobre os constantes hiatos, ele diz que pensa sim sobre o final da obra e que tem consciência das diversas vezes que a história ficou de fora das páginas da Shonen Jump, comparando a situação com a de um comediante que não está sempre em aparições na TV, mas que está trabalhando em algum lugar. Togashi também destacou que está trabalhando muito na história.

Ele já havia dito sobre isso em outra ocasião, numa entrevista para a comemoração do 50º aniversário da Shonen Jump, onde declarou que como escritor tem muitas outras coisas que deseja escrever e tudo que pode esperar são pessoas dispostas a aproveitar essa jornada com ele.

Lançado em 1998, Hunter x Hunter conta 35 volumes publicados no Japão, adaptações para o anime, OVAs e filmes. No Brasil, o mangá é publicado pela JBC. Já o anime de 2011 está disponível incompleto pela Netflix, bem como um dos filmes.

A segunda temporada da adaptação animada do mangá Tokyo Ghoul:re, de Sui Ishida, acaba de ter um pequeno vídeo divulgado em seu site oficial, que destaca que o anime vai concluir a história em torno de Ken Kaneki, e será o último capítulo. Assista:

Tokyo Ghoul:re estreia em outubro na TV japonesa. O mangá é publicado no Brasil pela editora Panini.

O site oficial da adaptação animada de Fairy Tail, de Hiro Mashima, divulgou uma nova imagem da ultima temporada da série onde podemos ver Natsu e Zeref lado a lado. Confira:

Produção dos estúdios A-1 Pictures e Bridge, a última temporada de Fairy Tail estreia na TV japonesa em outubro.

O mangá é publicado no Brasil pela JBC.

O site oficial da editora Akiba Shoten revelou uma nova de Saintia Shô, spin-off de Cavaleiros do Zodíaco criado por Chimaki Kuori, e o logotipo oficial do anime que será lançado em dezembro no Animax on PlayStation, plataforma de streaming disponível apenas para os assinantes da PSN Japão mediante o pagamento de uma mensalidade. Confira:

Saintia Shô vai estrear na TV japonesa apenas em 2019. A Toei Animation ainda não se pronunciou a respeito da estreia da série em outros países.

O mangá de Saintia Shô é publicado no Brasil pela JBC.

Após o lançamento do filme Nanatsu no Taizai: Tenku no Tarawarebito (The Seven Deadly Sins: Prisoners of the Sky), foi revelado que o mangá de Nakaba Suzuki vai ganhar um novo OVA que irá acompanhar seu próximo volume (34). Ainda não se sabe se a história será original ou a adaptação de algum capítulo. O lançamento do DVD está programado para 14 de novembro.

Vale lembrar que Suzuki declarou ter fim de Nanatsu no Taizai já planejado em sua mente, mas prometeu que dará um final digno a obra.

O mangá é publicado no Brasil pela editora JBC e a segunda temporada do anime estreia em breve na Netflix.

Em pausa desde maio, o mangá de Berserk voltará a ser publicado no Japão a partir do dia 24 de agosto na revista Young Animals.

Está não é a primeira e muito provavelmente não será a última pausa de da série. A obra de Kentaro Miura começou a ser editada em 1989 e conta com duas adaptações para o anime.

Berserk é publicado no Brasil pela Panini.

Uma história de Romeu e Julieta bem diferente. Mangá de Yosuke Kaneda, Kishuku Gakkou no Juliet já recebeu indicação para premiação da Kodansha.

O site oficial da adaptação em anime TV do mangá de comédia romântica de Yosuke Kaneda, Kishuku Gakkou no Juliet (Boarding School Juliet), revelou nesta segunda-feira (13/08) que o seiyuu Hiroshi Kamiya entrará no elenco interpretando o personagem Scott Fold

Hiroshi Kamiya como Scott Fold

Recentemente, um vídeo promocional para o anime foi divulgado:

Visual:

Os novos membros do elenco incluem:

A série vai estrear em Outubro no MBS, TBS e BS-TBS no bloco de programação Animeism. Ele também será transmitido exclusivamente no serviço Amazon Prime Video no Japão e no exterior (exceto na China continental). A tela 1 do cinema United City Aqua City Odaiba apresentará duas exibições avançadas – a primeira com membros do elenco Yuuki Ono, Ai Kayano, Ayane Sakura e Yu Shimamura, e a segunda com Ono, Kayano, Hidaka e Ogura.

O grupo musical fripSide está apresentando a música tema de abertura “Love with You” e Riho Iida está apresentando a música tema de encerramento “Itsuka Sekai ga Kawaru Made” (Until the World Changes Someday).

Enredo:

A história segue dois alunos de duas nações que frequentam o internato da Dahlia Academy e um amor proibido que floresce entre eles. No dormitório da nação Tōwa, Romio Inuzuka e no dormitório do Principado do Oeste está o seu amante e inimiga eterna, Juliet Percia. Tudo começa com a confissão de que Romio está envolvido em sua vida.

Elenco:

Yuuki Ono como Romio Inuzuka, líder do primeiro ano do dormitório “Black Doggy House” da Nação Tōwa.

Ai Kayano como Juliet Percia, líder do primeiro ano do dormitório “White Cats House” do Principado do Oeste.

Ayane Sakura interpretará a personagem Hasuki Komai. Hasuki é uma primeira anista no dormitório “Black Doggy House” e é amiga de infância de Romio.

Yu Shimamura vai interpretar Chartreux Westia (apelido: Char), uma estudante do primeiro ano na Dormitório “White Cats House” e a princesa do Principado do Oeste.

A Panini lança mais novidades para os fãs de mangás na 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. O evento está imperdível!

A editora Panini, por meio do selo Planet Manga, acaba de anunciar alguns dos lançamentos mais aguardados pelos fãs das sagas japonesas: Dragon Ball Super #1, Boruto: Naruto Next Generations #1 e The Promised Neverland #1. A partir de hoje, 08 de agosto, todos os títulos já estão disponíveis com exclusividade no estande da editora na 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontece até 12 de agosto, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Nas próximas semanas, os títulos também estarão disponíveis em bancas de jornal, livrarias, comic shops de todo o País e no e-commerce www.lojapanini.com.br.

Dragon Ball Super #1

Alguns meses se passaram desde a grande luta entre Goku e Majin Boo, mas uma nova ameaça vem para acabar com a paz. Parece que o próximo inimigo vem do Sexto Universo e os heróis mal podem esperar para enfrentá-lo. A aclamada série do autor Akira Toriyama finalmente tem continuação.

Essa é uma série bimestral, em andamento no Japão, com seis volumes.

Formato: 13,7 x 20 cm
Páginas: 192
Valor: R$ 21,90

Boruto: Naruto Next Generations #1

A Guerra Mundial Ninja já se tornou parte do passado e a paz reina na Vila da Folha. No mangá de Masashi Kishimoto e Ukyo Kodachi, Boruto, filho de Naruto, vive desanimado por causa da grande responsabilidade do pai. Uma lenda da nova geração surge enquanto uma grande ameaça se aproxima.

Uma série bimestral, em andamento no Japão, com cinco volumes.

Formato: 13,7 x 20 cm
Páginas: 208
Valor: R$ 21,90

The Promised Neverland #1

Ela é amada como uma mãe, mas não é mãe de verdade e as crianças que vivem juntas também não são irmãs de verdade. Emma, Norman e Ray vivem felizes em um remoto orfanato, porém, esses alegres dias estão prestes a acabar. O público poderá acompanhar a aventura dos autores Kaiu Shirai e Posuka Demizu.

Série bimestral, em andamento no Japão, com dez volumes.

Formato: 13,7 x 20 cm
Páginas: 192 páginas
Valor: R$ 21,90

Sobre a Panini

O Grupo Panini, estabelecido há mais de 57 anos, com fábricas em Modena, na Itália, e no Brasil, e subsidiárias em toda a Europa, América Latina e Estados Unidos, é líder mundial no setor de colecionáveis e líder em publicações de quadrinhos, revistas infantis e mangás na Europa e na América Latina. A empresa possui canais de distribuição em mais de 130 países e emprega uma equipe de mais de 1.200 pessoas.

Durante uma entrevista cedida a revista japonesa Da Vinci, Nakaba Suzuki, autor de Nanatsu no Taizai (Os Sete Pecados Capitais), declarou que planeja finalizar a obra daqui a 1 ano, após alcançar os 40 volumes publicados, e que a história vai valer a pena. Ele comentou que já tem o final planejado em sua mente, e que seu objetivo é dar uma despedida digna de um mangá shonen.

Suzuki ainda disse que uma continuação de Nanatsu no Taizai iria depender dos editoras da revista, e finalizou revelando que seu próximo trabalho pode vir a ser um mangá sobre beisebol. Nanatsu no Taizai começou a ser publicado no Japão em 2012 e conta até o momento com 32 volumes editados, o 33º será lançado no dia 17 de agosto.

A obra também deu origem a uma adaptação composta de 2 temporadas, e um filme para os cinemas que estreia este mês nos cinemas japoneses. No Brasil, Nanatsu no Taizai é publicado pela JBC e o anime está disponível no AnimeTV.