Os fãs de Hunter x Hunter nem se abalam mais com os hiatos sem fim que o mangá vem tendo ao longo dos anos, mas é impossível não deixar de perceber que todos comemoram quando surge algum anúncio de que a obra vai voltar da pausa, mesmo sabendo que será curta.

A Oricon revelou que a criação de Yoshihiro Togashi retornará as páginas da revista Shonen Jump a partir do dia 22 de setembro. Em janeiro deste ano, Hunter x Hunter havia voltado de um de seus muitos hiatos, mas foi novamente paralisado dois meses depois, sendo retomado este mês.

Os problemas de saúde de Togashi, que faz com que a publicação se torne irregular, levaram o autor até mesmo questionar se poderia vir a morrer antes de finalizar história de Hunter x Hunter.

O mangá é publicado no Brasil pela editora JBC.

Apesar dos fãs de Bleach ainda estarem inconformados com o final do mangá e anime, o autor Tite Kubo tem uma opinião bem diferente sobre o assunto. Numa recente entrevista, ele comentou sobre os problemas de saúde desenvolvidos ao longo dos anos por conta de seu envolvimento com a obra.

Kubo mencionou que poderia finalmente fazer uma pequena pausa, mas percebeu que havia algo e foi ao hospital. Ele disse que ao fazer alguns exames descobriu que o tendão de seu ombro havia rompido, e apesar do resultado, ainda não se sentia muito bem. O mangaká revelou que sentiu isso sem descobrir o motivo durante um ano, e que em dado momento percebeu que estava muito solitário. A pressão e os dias estressantes por trabalhar em um mangá semanal acabou causando tudo isso.

O autor disse ainda que durante a serialização de Bleach estava sempre pensando em diversos personagens e que isso fazia com tivesse várias pessoas dentro de sua mente, mas quando o finalizou, essas perturbações sairam de sua cabeça e ele não sabia o que faria com seu tempo dali por diante. Tite destaca que sua saúde não estava em más condições, mas sentia-se sozinho, dando a entender que isso o deprimiu. Ele finalizou dizendo passado tudo isso se deu conta, após muito tempo, que tinha vontade de voltar a trabalhar num mangá de novo.

Publicado desde o dia 25 de julho no Japão, Fairy Tail: 100 Years Quest, continuação do mangá de Hiro Mashima, deixará de ser semanal para se tornar quinzenal. A mudança dá a entender que a obra parece não estar indo muito bem, mas isso foi esclarecido por Atsuo Ueda (Dr. Prisoner, Retriever Hachi), artista responsável pela sequência.

Ele comentou em seu Twitter que desde o inicio, Fairy Tail: 100 Years Quest foi planejado para ser publicado de forma quinzenal, e que somente os 6 primeiros capítulos foram semanais. O autor ainda pediu para os fãs continuar dando seu apoio ao mangá.

Fairy Tail: 100 Years Quest é uma criação original de Mashima, que envia parte do trabalho ainda não finalizado para Ueda, que cuida da arte.

Em entrevista para um livro da Shonen Jump no Japão, o autor do mangá Hunter x Hunter, Yoshihiro Togashi, comentou sobre o fim da série e afirmou que não sabe o que vai terminar primeiro, o mangá ou sua vida.

Sobre os constantes hiatos, ele diz que pensa sim sobre o final da obra e que tem consciência das diversas vezes que a história ficou de fora das páginas da Shonen Jump, comparando a situação com a de um comediante que não está sempre em aparições na TV, mas que está trabalhando em algum lugar. Togashi também destacou que está trabalhando muito na história.

Ele já havia dito sobre isso em outra ocasião, numa entrevista para a comemoração do 50º aniversário da Shonen Jump, onde declarou que como escritor tem muitas outras coisas que deseja escrever e tudo que pode esperar são pessoas dispostas a aproveitar essa jornada com ele.

Lançado em 1998, Hunter x Hunter conta 35 volumes publicados no Japão, adaptações para o anime, OVAs e filmes. No Brasil, o mangá é publicado pela JBC. Já o anime de 2011 está disponível incompleto pela Netflix, bem como um dos filmes.

A segunda temporada da adaptação animada do mangá Tokyo Ghoul:re, de Sui Ishida, acaba de ter um pequeno vídeo divulgado em seu site oficial, que destaca que o anime vai concluir a história em torno de Ken Kaneki, e será o último capítulo. Assista:

Tokyo Ghoul:re estreia em outubro na TV japonesa. O mangá é publicado no Brasil pela editora Panini.

O site oficial da adaptação animada de Fairy Tail, de Hiro Mashima, divulgou uma nova imagem da ultima temporada da série onde podemos ver Natsu e Zeref lado a lado. Confira:

Produção dos estúdios A-1 Pictures e Bridge, a última temporada de Fairy Tail estreia na TV japonesa em outubro.

O mangá é publicado no Brasil pela JBC.

O site oficial da editora Akiba Shoten revelou uma nova de Saintia Shô, spin-off de Cavaleiros do Zodíaco criado por Chimaki Kuori, e o logotipo oficial do anime que será lançado em dezembro no Animax on PlayStation, plataforma de streaming disponível apenas para os assinantes da PSN Japão mediante o pagamento de uma mensalidade. Confira:

Saintia Shô vai estrear na TV japonesa apenas em 2019. A Toei Animation ainda não se pronunciou a respeito da estreia da série em outros países.

O mangá de Saintia Shô é publicado no Brasil pela JBC.

Após o lançamento do filme Nanatsu no Taizai: Tenku no Tarawarebito (The Seven Deadly Sins: Prisoners of the Sky), foi revelado que o mangá de Nakaba Suzuki vai ganhar um novo OVA que irá acompanhar seu próximo volume (34). Ainda não se sabe se a história será original ou a adaptação de algum capítulo. O lançamento do DVD está programado para 14 de novembro.

Vale lembrar que Suzuki declarou ter fim de Nanatsu no Taizai já planejado em sua mente, mas prometeu que dará um final digno a obra.

O mangá é publicado no Brasil pela editora JBC e a segunda temporada do anime estreia em breve na Netflix.

Em pausa desde maio, o mangá de Berserk voltará a ser publicado no Japão a partir do dia 24 de agosto na revista Young Animals.

Está não é a primeira e muito provavelmente não será a última pausa de da série. A obra de Kentaro Miura começou a ser editada em 1989 e conta com duas adaptações para o anime.

Berserk é publicado no Brasil pela Panini.

Uma história de Romeu e Julieta bem diferente. Mangá de Yosuke Kaneda, Kishuku Gakkou no Juliet já recebeu indicação para premiação da Kodansha.

O site oficial da adaptação em anime TV do mangá de comédia romântica de Yosuke Kaneda, Kishuku Gakkou no Juliet (Boarding School Juliet), revelou nesta segunda-feira (13/08) que o seiyuu Hiroshi Kamiya entrará no elenco interpretando o personagem Scott Fold

Hiroshi Kamiya como Scott Fold

Recentemente, um vídeo promocional para o anime foi divulgado:

Visual:

Os novos membros do elenco incluem:

A série vai estrear em Outubro no MBS, TBS e BS-TBS no bloco de programação Animeism. Ele também será transmitido exclusivamente no serviço Amazon Prime Video no Japão e no exterior (exceto na China continental). A tela 1 do cinema United City Aqua City Odaiba apresentará duas exibições avançadas – a primeira com membros do elenco Yuuki Ono, Ai Kayano, Ayane Sakura e Yu Shimamura, e a segunda com Ono, Kayano, Hidaka e Ogura.

O grupo musical fripSide está apresentando a música tema de abertura “Love with You” e Riho Iida está apresentando a música tema de encerramento “Itsuka Sekai ga Kawaru Made” (Until the World Changes Someday).

Enredo:

A história segue dois alunos de duas nações que frequentam o internato da Dahlia Academy e um amor proibido que floresce entre eles. No dormitório da nação Tōwa, Romio Inuzuka e no dormitório do Principado do Oeste está o seu amante e inimiga eterna, Juliet Percia. Tudo começa com a confissão de que Romio está envolvido em sua vida.

Elenco:

Yuuki Ono como Romio Inuzuka, líder do primeiro ano do dormitório “Black Doggy House” da Nação Tōwa.

Ai Kayano como Juliet Percia, líder do primeiro ano do dormitório “White Cats House” do Principado do Oeste.

Ayane Sakura interpretará a personagem Hasuki Komai. Hasuki é uma primeira anista no dormitório “Black Doggy House” e é amiga de infância de Romio.

Yu Shimamura vai interpretar Chartreux Westia (apelido: Char), uma estudante do primeiro ano na Dormitório “White Cats House” e a princesa do Principado do Oeste.