Attack on Titan está numa fase muito mais avançada no mangá em relação ao arco que foi finalizado na segunda temporada do anime, mas se tem uma coisa na qual ambas as produções são iguais é na dureza da história e nas mudanças que ela faz de sangrenta para estratégica.

Nesta semana, tivemos mais um capítulo que mistura os dois e que acabou por descobrir a fraqueza de um dos titãs mais importantes da história até o momento.

Antes de continuar, vale o aviso de que estamos falando sobre spoilers de Attack on Titan. Você foi avisado!

No mais recente capítulo de Attack on Titan, vimos Eren e os Survey Corps atacando Marley, além de Armin controlando o Titã Colossal e outros titãs.

A ideia de Eren era segurar a batalha em Marley para que os outros titãs lutassem para salvar o Titã de Armadura, mas o plano não deu tão certo assim, principalmente para Pieck e o Cart Titan.

Quando os leitores viram o interior desse titã, Pieck estava em maus lençóis. O Survey Corps conseguiu ferir a garota com explosivos, e o grupo quase matou ela antes que ela fosse salva por Falco.

O garoto conseguiu tirar Pieck de dentro do corpo incapacitado do titã antes dela morrer, e ele e Gabi tiveram que correr para se salvarem. Foi nessa cena então que a dupla revelou a principal fraqueza do Cart Titan:

“Ela está seriamente ferida. O ritmo da cura dela não consegue acompanhar os ferimentos. Ela tem o poder de um Titã, então como isso acabou chegnado nesse ponto?”.

Nesse momento, Gabi lembra Falco de que o Cart Titan não foi feito para o combate. O titã pode até ter bastante resistência, mas Pieck tem bem menos defesas do que um titã de combate, ainda mais no interior.

Com Pieck sofrendo os danos do ataque, é improvável que ela volte tão cedo à história, isso, claro, se ela sobreviver e se as defesas de Marley aguentarem, afinal de contas, Eren está neste momento comandando um ataque fulminante ao país.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *