Assim como em outras adaptações, a história de um anime e de um mangá costumam ser bem parecidas. Muitas vezes iguais. Entretanto, no caso de Dragon Ball Super, as coisas estão tomando outro rumo. O torneio do poder vem mostrando grandes diferenças e no último exemplar não foi diferente. O mangá está realmente partindo para outra direção.

Os fãs viram Piccolo e a Android 18 serem eliminados muito cedo. E o mais estranho é que no mangá, Gohan não teve nenhum grande momento até agora. Assim, é possível que o filho de Piccolo Goku possa ter algo guardado, que não foi mostrado no anime e que será explorado no mangá.

No caso da Android 18, ela não durou nem um pouco no torneio. Ao invés de ter aquela sinergia com o 17, lutando contra Ribrianne, a mulher de Kuririn simplesmente foi eliminada, sem nenhum momento memorável. Este fato até deixou os fãs bem irritados com o mais recente capítulo do mangá.

Desta forma, o Universo 7 ficou com 6 guerreiros na arena, sendo: Goku, Vegeta, Gohan, Freeza, Androide 17 e Mestre Kame. É uma formação parecida com a do anime, mas ao mesmo tempo bem diferente. Isso por conta de cenas que ocorreram no desenho que serão impossíveis aqui. Quem não se lembra do Goku lutando junto com os Androids? Pois é, nada disso no mangá. Assim, ainda fico bem curioso para saber o que estão guardando para Gohan, ou se ele será eliminado sem destaque algum.

E você, o que acha que pode estar acontecendo no mangá de Dragon Ball Super? Será que veremos um final diferente? Eu começo a acreditar que sim…

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *