A estreia de Boku no Hero Academia The Movie: The Two Heroes em cinemas selecionados dos Estados Unidos surpreendeu nas bilheterias, com um montante arrecadado em dois dias que superou até mesmo grandes produções, via CBM.

No período em que ficou em cartaz, na terça e quarta-feira, o longa somou US$ 1,8 milhões arrecadados, sendo que na quarta-feira ficou em terceiro lugar, atrás apenas de O Predador e A Freira. Para efeito de comparação, Dragon Ball Z: O Renascimento de Freeza, quando lançado nos cinemas do país, fez o mesmo valor nas bilheterias, mas em um final de semana completo.

No Japão, o filme também faturou alto em sua estreia, o que mostra que a franquia está se tornando cada vez mais popular.

O site oficial da adaptação live-action de Tokyo Ghoul anunciou no dia de ontem que a sequência do filme já está sendo elaborada, com previsão de lançamento de 2019. O primeiro filme foi distribuído no Brasil pela Sato Company, com dublagem realizada em Miami.

No Japão, o filme teve um sucesso substancial no box-office, arrecadando cerca de 1.1 bilhão de ienes. Masataka Kubota está confirmado para retornar no papel de protagonista, mas Fumika Shimizu dará lugar à Maika Yamamoto como Touka Kirishima.

As filmagens do novo filme estão programadas para começar em outubro.

A Toei Animation divulgou um novo pôster promocional de Dragon Ball Super: Broly. Confira:

Dragon Ball Super: Broly estreia no Japão em dezembro. No Brasil, o longa chega aos cinemas em 17 de janeiro.

A revista Shonen Jump divulgou uma nova imagem de Dragon Ball Super – Broly: O Filme onde o destaque fica por conta da transformação do poderoso vilão em Super Saiyajin. Confira abaixo:

Dragon Ball Super: Broly será lançado nos cinemas do Japão em 14 de dezembro. No Brasil o filme está programado para estrear no dia 17 de janeiro, mas a data em si ainda não foi oficialmente confirmada pela Fox Films.

Pegando todos de surpresa, a Fox Film do Brasil divulgou o primeiro trailer dublado de Dragon Ball Super: Broly – O Filme, 20º longa-metragem da franquia que será lançado nos cinemas do Japão ainda este ano, e em 2019 por aqui. Confira:

Vale lembrar que o processo de dublagem está para ser iniciado em breve. Dragon Ball Super: Broly – O Filme estreia no Japão dia 14 de dezembro, e em 17 de janeiro no Brasil.

A Toei Animation anunciou que já começou a produção do 14º longa-metragem baseado no mangá One Piece, de Eiichiro Oda. O último filme da franquia, One Piece Film Gold, havia estreado nos cinemas 2016. O lançamento da nova produção está programado para acontece em algum momento de 2019.

Ainda sem título definidio, o novo filme deve pegar carona nas comemorações pelos 20 anos do anime que serão completados no próximo ano.

Detalhes sobre a trama, equipe de produção e data de estreia devem ser revelados no decorrer dos próximos meses.

Numa recente entrevista no Kanzenshuu, o diretor de Dragon Ball Super: Broly, Tatsuya Nagamine, comentou a respeito do roteiro escrito pelo autor Akira Toriyama e sobre o desenvolvimento do filme, prometendo algo épico.

Nagamine expressou sua admiração por Toriyama, afirmando que ele é o maior em fazer mangás, e que trouxe toda sua habilidade no roteiro, que foi pensado integrando cada parte da produção do longa, mas mantendo seu estilo próprio. O diretor ainda revelou que ao ler o roteiro foi como se estivesse lendo o mangá da Jump, e que escrever uma trama como essa, com Broly se tornando canônico, seria difícil para qualquer um, exceto para Toriyama.

Segundo Nagamine, Toriyama criou uma história tão grande que daria dois filmes, o que representou um desafio para a edição se encaixar em 90 minutos. Apesar disso, o diretor garantiu fidelidade completa ao roteiro, exceto nas cenas de ação.

Dragon Ball Super: Broly estreia nos cinemas japoneses em 14 de dezembro. No Brasil, a estimativa é que a estreia ocorra em 17 de janeiro, porém a Fox Film ainda não confirmou a data.

Logo após a estreia no Japão, a Toei Animation pretende acelerar o lançamento de Dragon Ball Super: Broly em todo o mundo, mas não visando o divertimento dos fãs, e sim para evitar a pirataria desenfreada que espera o longa.

Numa entrevista publicada pelo site oficial do filme, o produtor Norihiro Hayashida disse que a equipe de produção tem pensando muito no mercado externo quando se trata da estreia e que está fazendo de tudo para que isso aconteça o mais depressa possível. O objetivo é reduzir de forma drástica o pirateamento, especialmente em países onde isso já se tornou algo fora de controle.

Hayashida comentou que isso não vai atrapalhar a localização de Dragon Ball Super: Broly e menciona que o corte bruto do longa-metragem vai facilitar com que o processo de dublagem e legendas seja feito de forma mais rápido, e que a equipe tem tentado ganhar tempo para conseguir fazer as correções necessárias entre os cortes brutos e final.

Dragon Ball Super: Broly será lançado no Japão no dia 14 de dezembro e em janeiro nos cinemas dos Estados Unidos pela distribuidora FUNimation. Aqui no Brasil, a estimativa é que a estreia aconteça no dia 17 de janeiro pela Fox Film, que ainda não confirmou oficialmente tal data.

Os videos apresentam os quadros principais originais e o corte final das cenas de ação. Boku no Hero Academia: Futari no Hero estreou nos cinemas do Japão em 03 de Agosto.
A conta oficial para o filme anime Boku no Hero Academia THE MOVIE: Futari no Hero (My Hero Academia the Movie: The Two Heroes) postou neste domingo (12/08) quatro clipes que mostram pequenos de cenas de ação com os quadros-chave brutos e o corte finalizado.

Confira abaixo:

A Funimation e TOHO sediaram a estréia mundial do filme com legendas em inglês no evento Anime Expo 2018 em 05 de Julho, em Los Angeles. A Funimation planeja lançar o filme nos EUA e no Canadá na Temporada de Outono.

O filme foi lançado no Japão em 3 de Agosto se passa “no exterior”, em uma gigantesca cidade flutuante artificial chamada “I Island”. O filme é realizado após o Arco do Exame Final e antes do “Arco do Treinamento na Floresta”. Além disso, o filme mostra “A era de ouro” de All Might.

O filme mostrará o passado anteriormente não revelado de um determinado personagem e também contará com os personagens da classe A. A Funimation descreve o filme:

As finais da competição esolar acabaram e a UA está se preparando para o acampamento de treinamento de verão. Deku e All Might podem receber um convite de uma certa pessoa para ir ao exterior para uma gigantesca cidade artificial chamada I-Island. Esta ilha, uma espécie de “ciência de Hollywood” que reúne o conhecimento de cientistas de todo o mundo, está realizando uma exposição chamada I-Expo apresentando os resultados da pesquisa de itens Quirk e de heróis. No meio de tudo isso, Deku conhece uma garota Quirkless chamada Melissa e se lembra de seu próprio passado Quirkless. Fora do azul, o sistema de segurança inexpugnável que a ilha ostenta é invadido por vilões, e todas as pessoas da ilha são tomadas como reféns! Agora, um plano que poderia abalar a sociedade de herói foi posto em movimento! O homem que detém a chave para tudo isso é o herói número um e Símbolo da Paz, All Might.

O filme conta com dois personagens originais anteriormente divulgados. Mirai Shida interpreta Melissa, uma garota esquisita que Deku encontra em I Island e Katsuhisa Namase interpreta o pai de Melissa, Devitt, que era amigo de All Might em sua juventude. Devitt é um cientista que faz itens de suporte a heróis e Melissa trabalha duro para seguir seus passos.

Rikiya Koyama (Klaus em Kekkai Sensen, Kiritsugu Emiya em Fate/Zero) interpreta um vilão original de nome Wolfram. Ele é um líder de um misterioso do time de vilões que visa derrubar a Sociedade Heroica. O criador original do mangá, Kōhei Horikoshi, desenhou o design original do personagem:

Kohei Horikoshi é creditado com o trabalho original, desenhos de personagem e como supervisor-chefe. Os membros do pessoal que retornam incluem Kenji Nagasaki no Estúdio Bones, o roteirista Yousuke Kuroda, o designer de personagens Yoshihiko Umakoshi e o compositor Yuuki Hayashi. A TOHO está distribuindo o filme.

6º filme intitulado Space Battleship Yamato 2202 “Kaisei-hen” estrará nos cinemas japoneses em 02 de Novembro. Série também ganhará adaptação para TV.

O site oficial para a sequência do projeto de filmes anime Uchū Senkan Yamato 2202: Ai no Senshi-tachi (Space Battleship Yamato 2202: Warriors of Love ou Star Blazers 2202: Warriors of Love) revelou nesta sexta-feira (10/08) um teaser em vídeo para o 6º dos 7 filme da série subtitulado “Kaisei -hen” (capítulo da ressurreição).

Confira ao vídeo abaixo:

O filme entrará em cartaz em 35 cinemas japoneses em 2 de Novembro. Tal como aconteceu com os filmes anteriores, os cinemas que projetam o quinto filme venderão o disco Blu-ray de edição limitada do filme, que também estará disponível para comprar ou alugar digitalmente no mesmo dia em que ele estrear nos cinemas do Japão.

O site também havia revelado um visual para o filme:

Já o projeto da versão para anime TV vai estrear na TV Tokyo, TV Osaka e TV Aichi na madrugada de 05 para 06 de Outubro, às 01:00h pelo horário do Japão.

O projeto é composto por 7 filmes animes para os cinemas e o primeiro filme subtitulado “Kōshi-hen” foi lançado em 25 de Fevereiro 2017. O segundo filme “Hasshin-hen” (Departure Chapter) foi lançado em 24 de Junho e o terceiro filme “Junai-hen” (Pure Love Chapter) foi lançado em 14 de Outubro.

Enredo:

A história do anime é ambientada no ano de 2202, três anos após o retorno do Yamato do planeta Iscandar. As pessoas da Terra restauraram seu planeta com o Cosmo Reverse System e assinaram um tratado de paz com Garmillas. Além da reconstrução, a Terra desenvolveu uma nova frota de defesa que inclui o state-of-the-art do navio de guerra Andrômeda. A Terra segue um caminho de expansão militar, apesar dos desejos de Starsha Iscandar. O Yamato ajuda a realizar essa chamada paz, mas tem o preço de muitos sacrifícios inestimáveis. A deusa Teresa, que reza pela tranqüilidade no espaço, chama os Yamato para uma nova viagem. A ameaça de Gatlantis está varrendo o universo e se aproximando da Terra.

Elenco:

O anime apresenta o seguinte retorno do elenco de Space Battleship Yamato 2199:

Daisuke Ono como Susumu Kodai
Houko Kuwashima como Yuki Mori
Houchu Ohtsuka como Shiro Sanada
Mugihito como Hikozaemon Tokugawa
Kenji Akabane como Yasuo Nanbu
Masato Kokubun como Yoshikazu Aihara

Os novos membros do elenco incluem:

Kenjiro Tsuda como Isami Enomoto (substituindo Keiji Fujiwara)
Hiroshi Kamiya como Klaus Keyman
Masaki Terasoma como Lauren Barel
Hideaki Tezuka como Zordar
Sayaka Kanda como a “deusa lendária” Teresa

Staff:

Nobuyoshi Habara (diretor de Fafner e Fafner EXODUS, diretor episódio e escritor para Star Blazers 2199)está dirigindo o novo anime e Harutoshi Fukui (escritor original das novels Mobile Suit Gundam UC, roteirista de Harlock: Space Pirate) está escrevendo e supervisionando os scripts. Yoshinobu Nishizaki (um dos criadores da franquia original) é creditado com o trabalho original e seu filho Shoji Nishizaki(planejamento em Star Blazers 2199, produtor de Space Battleship Yamato Ressurrection) é o produtor executivo. A animação está a cargo do estúdio XEBEC (Fafner no Azure: EXODUS; Broken Blade; To Love Ru Series; Pandora Hearts).

Além disso, Makoto Kobayashi está servindo como diretor-assistente e Junichiro Tamamori e Yasushi Ishizu são os designers mecânicos. Nobuteru Yuki é o designer de personagens e Akira Miyagawa está compondo as músicas.

Outras Informações:

Space Battleship Yamato 2199 série é um remake do original de 1974, Space Battleship Yamato criado por Leiji Matsumoto e Yoshinobu Nishizaki. A série estreou pela primeira vez no Japão como uma série de sete filmes mostrados nos cinemas do Japão de 2012 a 2013, cada um contendo quatro episódios da adaptação para TV (exceto para o primeiro filme, que mostra apenas o primeiro e segundo episódio). A série, em seguida, começou a ser exibida na televisão japonesa em Abril de 2013. Um filme compilado da série estreou no Japão em Outubro de 2014, com o título Uchu Senkan Yamato 2199: Tsuioku no Kokai (Space Battleship Yamato 2199: Voyage of Remembrance) e um novo filme sequência da história que estreou no Japão em Dezembro de 2014 com o título Uchu Senkan Yamato 2199: Hoshi-Meguru Hakobune (Space Battleship Yamato 2199: Star-Voyaging Ark).

A série original de anime Space Battleship Yamato foi adaptado para a televisão americana em 1979 como Star Blazers. No Brasil, a série ficou nomeada como Patrulha Estrelar sendo foi exibida por um breve período de tempo pela Rede Record de Televisão em 1981 e, após a emissora sofrer um grande incêndio naquele ano, a série só voltou a ser exibida pela Rede Manchete nos anos de 1983 e 1985, após aquisição dos direitos do anime.