B: The Beginning vai estrear mundialmente dia 2 de março resultando de uma parceria entre o estúdio japonês Production I.G. e a Netflix e terá áudio e legendas em português. Ainda não foram reveladas novidades sobre qual o estúdio que será responsável pelo áudio em português.

Com direção por Kazuto Nakazawa e Yoshinobu Yamakawa (Little Busters!) e animação pela Production I.G. a série anime de 12 episódios desenrola-se num futuro onde cientistas tentam desenvolver o “humano perfeito” na esperança de manter a paz no universo. Após quase atingirem seu objetivo com a criação de três crianças, os cientistas enviam seus “novos humanos” para treino, mas eles acabam por ser sequestrados por uma organização maléfica que pretende usar seus poderes para implementar o seu próprio conceito de nova ordem mundial.

A série vai contar com os seiyuu: Hiroaki Hirata, Yuuki Kaji, Asami Seto, Hiroki Touchi, Minoru Inaba, Ami Koshimizu, Toshiyuki Toyonaga, Shintarō Tanaka, Atsushi Goto, Toshiyuki Morikawa e Kaito Ishikawa.

A mais recente edição da Dengeki G’s Magazine revelou que a adaptação para mangá de Sword Art Online: Progressive, a novel de Reki Kawahara, vai terminar a 28 de fevereiro de 2018 e que será revelado um “anúncio importante” relacionado com a obra.

O mangá de Sword Art Online: Progressive reconta a história de Sword Art Online com algumas alterações e acompanhando Kirito à medida que ele vai ultrapassando cada um dos andares do castelo de Aincrad.

O mangá de Sword Art Online: Progressive começou a ser lançado em junho de 2013 e o 6º volume foi publicado em junho do ano passado.

As dublagens da versão brasileira de Dragon Ball Super continuam a pleno vapor na Unidub em São Paulo. A última novidade relacionada ao assunto veio do ator Figueira Junior, (Andróide 17), que confirmou já ter começado a dublar sua participação no anime através de um vídeo onde aparece ao lado de Wendel Bezerra (Goku) e também com a Andróide 18 aqui.

Com essa informação, tudo indica que o restante dos episódios que faziam parte do lote inicial (80 capítulos) parecem ter sido dublados e agora o estúdio deve estar trabalhando numa leva enviada pela Toei Animation.

Durante o 45th Angoulême International Comics Festival onde foi convidado para receber um prêmio, o autor de Fairy Tail, Hiro Mashima, revelou as primeiras informações sobre seu próximo mangá. Ele destacou que as perguntas feitas a ele no evento eram mais a respeito de sua nova obra.

Mashima destacou três coisas sobre o novo mangá: vai ser uma nova forma de fantasia, as piadas serão um grande desafio e finalizou dizendo que Plue vai fazer uma aparição nele.

O autor mencionou que estava dando o máximo de si para que o novo mangá comece a ser publicado ainda este ano.

Fairy Tail, o grande sucesso de Hiro Mashima, foi lançado em 2006 e finalizado em julho de 2017.

A NTT Docomo perguntou a 4500 utilizadores do seu serviço de streaming dAnime Store quais eram os animes de 2017 que eles mais recomendavam.

Podem consultar em baixo o TOP 10 japonês. Quais são os animes do ano de 2017 que vocês recomendariam aos fãs de anime?

1. Houseki no Kuni (Land of the Lustrous)

2. Kemono Friends

3. Isekai Shokudou (The Other World Dining Hall)

4. The Ancient Magus’ Bride

5. KonoSuba: God’s Blessing on this Wonderful World! 2

6. Eromanga Sensei

7. Blood Blockade Battlefront & Beyond

8. Saga of Tanya the Evil

9. In Another World With My Smartphone

10. Tsukigakirei

Depois de muito mistério, a data de estreia da terceira temporada de My Hero Academia finalmente foi revelada! A divulgação aconteceu na capa do mangá spin-off Vigilante: Boku no Hero Academia Illegals.

A capa foi publicada pelo próprio ilustrador do spin-off Betten Court. A imagem revela que a nova temporada, que mostrará o arco da excursão escolar e novos personagens, está prevista para chegar em 7 de abril no Japão, onde o anime voltará a ser transmitido aos sábados, às 17h30.

My Hero Academia é um mangá criado por Kōhei Horikoshi que começou a ser publicado na Shonen Jump em 2014 no Japão. A história se passa em um mundo onde quase toda a população possui algum poder sobre-humano e foca no jovem Izuku Midoriya, um dos poucos casos de pessoas comuns. O garoto sonhava em se tornar um super-herói, algo que parecia impossível até o dia que ele ajuda o poderoso All Might na captura de um vilão. Depois de mostrar sua coragem, ele ganha chance de se tornar quem sempre sonhou.

O mangá de My Hero Academia é publicado no Brasil pela JBC. Já as duas temporadas do anime estão disponíveis com legendas em português no AnimeTV. A terceira temporada começa a ser exibida em 7 de abril de 2018.

Até aqui, não sabíamos exatamente como Toppo e Vegeta iriam acabar se enfrentando, mas o que vai acontecer será o seguinte. Após Toppo bater em Freeza (que já está mais pra lá do que pra cá) e no Androide 17, ele irá ajudar Jiren na luta dele contra Vegeta e Goku, e Vegeta terá que parar de enfrentar Jiren para desafiar Toppo.

Como Toppo atingiu um poder extraordinário aceitando o destino dele de Deus da Destruição, Vegeta é obrigado a usar tudo o que ele tem contra o adversário, afinal de contas, é possível vê-lo apanhando. Com isso, ele tem que aumentar o poder dele ainda mais, e Goku menciona que isso é muito perigoso, e que ele pode até mesmo morrer no processo.

Apesar de não sabermos exatamente o que será isso, o meu chute é que ele vai tentar usar esse novo nível de Super Saiyajin Blue com toda a força, e que isso será um problema, pois o corpo dele ainda não está 100% acostumado com a nova energia.

Outra alternativa é que seja algo nos moldes do Kaioken, e que Vegeta sofra os efeitos posteriores que Goku sofreu quando enfrentou Hit no Torneio entre os Universos 6 e 7.

Seja como for, estamos aguardando ansiosamente pelo Episódio 126 de Dragon Ball Super

Se você acompanhou Naruto até o final e achou que o destino da série foi duro demais com Jiraya, e que ele devia ser revivido, hoje trazemos o grande motivo pelo qual o Senin nunca foi revivido com o Jutsu Edo Tensei.

Antes de mais nada, falemos um pouco sobre esse Jutsu. Para reviver alguém, você não precisa do corpo inteiro da pessoa, apenas tendo uma amostra de sangue você já consegue, como no caso de Deidara, onde ele morreu se explodindo e o corpo dele deixou de existir. Como havia uma amostra do sangue dele com Kabuto, ele acabou sendo revivido, logo, em teoria, seria possível reviver Jiraya, mesmo com o corpo dele no fundo do oceano. Por que ninguém fez isso ainda?

A primeira razão é pelo fato dele ter deixado as amostras de sangue dele em Amegakure, a Vila Oculta pela Chuva, onde quase sempre há chuva, então há uma chance das amostras de sangue de Jiraya terem sido levadas por elas.

Essa seria a explicação lógica, mas há uma explicação mais profunda do que essa.

A explicação é a seguinte: Masashi Kishimoto já comentou que não tem a intenção de trazer Jiraya de volta, e que Naruto passou por um grande crescimento após a morte do seu mestre. Além disso, quem é trazido de volta pelo Edo Tensei acaba voltando numa forma maligna, ou seja, seria terrível vermos Jiraya enfrentando Naruto, da mesma forma como já foi difícil vermos Asuma enfrentando o time dele quando ele foi trazido de volta pelo Edo Tensei.

Seria muito fácil para Kishimoto ter trazido Jiraya de volta naquele instante também, mas para ele, Jiraya sempre foi e sempre vai ser um personagem do bem, e não seria legal com a memória dele trazê-lo numa forma do mal para combater Naruto e companhia.

Portanto no anime Kabuto fala que o corpo do Jiraya afundou e ficou inacessível e como ele seria revivido por Kabuto seria difícil para os fãs vê-lo como um personagem maligno tendo que lutar com Naruto.

Tudo pode acabar mudando com Boruto, mas, pelo menos para a série do Naruto, esse foi o motivo pelo qual Jiraya nunca voltou após a morte dele.

Por anos queríamos ver uma Saiyajin feminina tão poderosa quanto Goku. Por anos vimos grandes e poderosos inimigos como Freeza, Cell, Majin Buu, mas a presença feminina não era tão forte. Para ser claro, víamos importância na história por conta de Bulma e Chi-Chi, e uma grande lutadora, Androide 18.

Cuidado. A partir desse ponto, podem ter spoilers de Dragon Ball Super

Em Dragon Ball Super, nosso desejo foi realizado. Kale e Caulifla, duas garotas da raça Sayiajin, deram as caras no torneio do poder. Não sabíamos muito bem o que esperar e não fomos decepcionados. As batalhas envolvendo essas meninas foram devastadoras, mostrando um poder absolutamente grande, capaz de dar um grande trabalho para Goku.

Caulifla foi derrotada no anime, mas no Mangá, as coisas ainda não aconteceram. Portanto, foi anunciado que agora, a história dela será diferente no periódico.

A questão mostra como as equipes do Torneio do Poder recrutaram seus vários membros. Começa com Cabba no Universo 6, e Caulifla faz uma entrada muito rápida.

O capítulo começa com um par de soldados Saiyjins que dirigem o território de Caulifla. Eles riam quando viram a menina tentando impedi-los. Ela disse a eles que podem revelarem suas intenções. Os caras a empurram para trás quando a garota começa a carregar seu Ki e os exclui facilmente.

Como esperado, os homens subestimaram Caulifla, e ela os derrota. “Não tente muito, velho”, diz a menina. “Você vai se machucar“.

Os fãs do Dragon Ball Super podem lembrar o tom diferente de Caulifla no anime. Quando chegou a hora de recrutar uma equipe para o Universo 6, Cabba foi ao seu ex-superior militar para obter conselhos. Renso disse ao menino para recrutar sua irmã Caulifla, e o anime apresentou a menina. A mulher Saiyjin estava em seu esconderijo de sua gangue, e Cabba teve que lidar com seus lacaios mostrando a forma Super Sayiajin antes de poder persuadi-la a se juntar a sua equipe.

O que acham dessa diferente apresentação. Acham que virão mais coisas diferentes que podem causar grande impacto na história de Dragon Ball?

A Kadokawa revelou nesta sexta-feira durante um evento no Japão um novo vídeo promocional do anime Butlers: Chitose Momotose Monogatari (Butlers: A Millennium Century Story) do estúdio Silver Link.

No vídeo promocional do anime, que ira estréia na TV japonesa em abril deste ano, podemos ouvir um trecho da música Growth Arrow, que será cantada pela banda OLDCODEX e que servirá como música de abertura da série.

O anime tem seu elenco os atores de voz:

  • Tatsuhisa Suzuki como Koma Jinguji
  • Takuya Satō como Tsubasa Hayakawa
  • Tomoaki Maeno como Akira Tachibana
  • Takuma Nagatsuka como Hotaru Aoba
  • Toshiyuki Toyonaga como Haruto Hizakura
  • Kazuaki Kobayashi como Kyoichi Sano
  • Seiichirō Yamashita como Daichi Kurosawa
  • Noriaki Sugiyama como Takashi Mikuni
  • KENN como Yuki Fujishiro
  • Keisuke Koumoto como Hikari Kageyama
  • Mitsuki Saiga como Ren Shiratori

 

O anime desenrola-se à volta de dois protagonistas. Koma Jinguji (Jay) é o presidente inteligente e bonito do conselho estudantil. O seu sorriso elegante captura os corações das mulheres. Tsubasa Hayakawa é um assistente de loja multi-talentoso e gentil num café. Os dois homens viajam pelo tempo para lutar contra o seu arqui-inimigo. Os encantadores “mordomos”, como são chamados, lutam batalhas sobrenaturais e também experimentam uma vida cómica na sua academia.

A direção é de Masaru Takahashi (Dusk maiden of Amnesia), o guião é de Megumi Shimizu (scriptwriter for Soul Eater, Eureka Seven, Snow White with the Red Hair) e o design de personagens é de Fujiko Kosumi (Samurai Drive, 1 Sakura Hill ).